Me esqueci de te esquecer

by - 23:05


Nossa música está tocando baixinho no rádio, você está online e seu cheiro ainda não saiu totalmente do meu quarto. Já faz muito tempo desde que você saiu por aquela porta, deixando para trás alguns cigarros, sua blusa xadrez e uma garota com o coração destruído. Naquele dia, e em inúmeras noites que se seguiram, tudo o que fiz foi chorar e tentar entender como você pode esquecer um amor que outrora foi tão forte. Você se foi. Enterrou suas promessas ao lado de nossos dias bons, queimou minha esperança junto com os sorrisos que compartilhamos, selou nossa separação como selamos nossos beijos. E eu ainda estou lutando para te deixar ir.

Queimei nossas fotos e suas cartas recheadas de promessas vazias, joguei fora seus presentes, apaguei suas mensagens. Mas sua blusa ainda está aqui, escondida no fundo da minha gaveta, espalhando o cheiro do seu perfume por minhas roupas. Não consegui fazer nada com ela, então apenas a deixo longe de meus olhares, escondida de minhas lágrimas incontidas e estragando minhas inúteis tentativas de te esquecer.

Se eu te ligasse agora, você me atenderia? Ou ignoraria como fez com todas as minhas mensagens? Se eu tentasse mais uma vez entender para onde foi nosso amor, ainda seria uma busca inútil? Eu ainda ficaria sem entender como tudo o que construímos pode simplesmente ruir diante de meus olhos? Se eu tentasse te esquecer só mais um pouco, com um pouco mais de força, conseguiria me sentir menos vazia?

Para onde foram os sonhos que construímos juntos? Como você pode destruí-los com apenas um sopro? Será que você já se esqueceu de todos os segredos trocados nas madrugadas insones? Todos os planos para um futuro agora destruído. Você ficou por tanto tempo, que agora tudo parece inacabado, inadequado. Não consigo mais me lembrar de quem sou sem você, e não estou forte o suficiente para reconstruir a garota feliz que você, tão desastrosamente, deixou cair.

O tempo passa, e sei que você não está mais abalado por nosso não tão inesperado fim. Para você, nunca foi tão difícil abandonar o que já não lhe servia, não é? Sejam roupas, CDs, memórias ou amores. E eu mantenho-me em um constante estado de espera, arrastando-me pelos segundos, esquecendo-me de realmente viver. Tentando parecer forte, tentando juntar os delicados pedaços da minha vida, e me agarrando à memórias incompatíveis de um passado que parecia feliz. Meus dias demoram a passar, e minhas noites duram uma longa eternidade. E todos os dias eu me esqueço de te esquecer.

You May Also Like

6 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    O que eu tenho a dizer é que eu simplesmente AMEI o seu texto, sério mesmo <3 Posso dizer que me identifiquei um pouquinho haha
    Eu vi seu comentário lá no blog, mas eu excluí sem querer T_T Sorte que antes disso eu abri o link do seu blog. Mas mesmo assim obrigada pela sua visita :)
    Beijo!

    Laís | Laflorando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laís! Tudo ótimo, e com você? Fico imensamente feliz em saber que você gostou do meu textinho e se identificou com minhas palavras. E te entendo completamente. Esse início é complicado né? Também faço umas coisas assim as vezes. Enfim, muito obrigada por sua visita, e boa sorte com seu blog! Beijinhos ^^.

      Excluir
  2. Anna, que lindo o seu texto! Tenho essa paixão por camisa de amores também, sempre é difícil lidar com o "depois".
    Cheiro no coração, teu blog já tá adicionado na minha lista, beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada Iasmim!!! Fico muito feliz que você tenha gostado do meu cantinho!!!!!
      O "depois" é terrível mesmo, especialmente quando acaba com aquela dúvida de "o que aconteceu".Mas infelizmente tudo que é bom tem um fim não é?
      Beijinhos ^^.

      Excluir
  3. show de bola seu texto. sou locutor e gostaria de grava-lo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii
      Obrigada!! Me desculpe pela enorme demora, dei um tempo do blog por problemas pessoais. Se ainda se interessar, seria um prazer!!

      Excluir

Gostou, tem uma opinião ou apenas sentiu vontade de me dizer um oi? Comente e me deixe saber!